Apaixonada

Publicado: 19/01/2010 em Amor

O coração bate cada vez mais forte todas as vezes que o vê. Quando você o olha nos olhos, bate uma vergonha, pois é como se ele pudesse ler todos os seus pensamentos… Seus sentimentos acerca do homem dos seus sonhos são tão fortes que você seria capaz de fazer qualquer loucura para tê-lo. Você se apaixonou, e não há nada e nem ninguém que possa fazê-la mudar de ideia – ou será que há?

Sempre me perguntei por que as pessoas apaixonadas são capazes de cometer desvarios em nome do amor. Foi Deus quem criou o amor e tenho a mais absoluta certeza de que Ele não o fez para que este se tornasse um sentimento negativo ou que fosse capaz de levar as pessoas a cometer loucuras em seu nome. Contudo, isso é o que as pessoas mais fazem nos dias de hoje. Todos os dias e em todo o mundo, muitas mulheres abandonam a sua fé em Deus por causa do “amor de suas vidas”.

O que é amor verdadeiro, então?

Com certeza ele não tem nada a ver com a paixão, pois se assim fosse muitas mulheres apaixonadas não estariam sofrendo tanto.

Em 1 Coríntios 13:1-8, Deus nos dá a resposta através do apóstolo Paulo, dizendo:

“Ainda que eu fale a língua dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará. O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba…”

O amor nunca decepciona. Por que, então, as pessoas apaixonadas quase sempre se decepcionam? A verdade é que a paixão é diferente do amor que Deus criou e demonstrou ao dar a Sua Própria vida. Se você ler e meditar em cada versículo acima, vai perceber que o amor é completamente diferente daquilo que o mundo ensina através de canções, melancolia e decepções. O amor é puro e foi criado para ser perfeito, infalível e incondicional. Diante de tudo isso, podemos concluir que paixão não é sinônimo de amor verdadeiro. Muitas mulheres têm abandonado tudo por um amor de mentira, que quase sempre acaba por destruir toda e qualquer esperança que possuem – mas o verdadeiro amor tudo espera. Algumas mulheres chegam ao ponto de engravidar na tentativa de impedir que o namorado as deixe – mas o verdadeiro amor não procura os seus próprios interesses e não pode ser forçado. Outras vão para a cama com o namorado só para provar o quanto o amam – mas o verdadeiro amor não se conduz inconvenientemente e nem se ufana.
O que você tem chamado de amor? Talvez seja por isso que tem se sentido tão desorientada. Você tem se deixado envolver pelo amor que o mundo apresenta e por isso ainda não conheceu o verdadeiro amor. Pare de se enganar! Dê um basta nessa situação e volte-se para o Verdadeiro Amor, o nosso Senhor Jesus Cristo, e Ele vai lhe mostrar todas as maravilhas desse amor!

Anúncios
comentários
  1. Nilson disse:

    maravilhoso lindo tudo de bom amei

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s