O que ocorre no seu corpo quando está apaixonada?

Publicado: 03/07/2010 em Saúde

Quando nos apaixonamos a primeira coisa que lembramos é que nosso coração esta sentindo algo. Mais, tudo mesmo começar em nosso Cérebro.

E hoje quero transcrever algumas coisas de como o corpo humano ficar, quando estamos apaixonada.

Você passa o dia inteiro sorrindo à toa, com o olhar perdido. Tudo poder dá errado, e pode ate esta chuvendo muito lá fora, mais você nem ligar pra isso.  Só de pensar nele dá um frio na espinha, uma sensação de aconchego.

Não confunda: esse sentimento de que o mundo pode entrar em guerra e você nem se abala não é amor. Se sua cabeça está nas nuvens, você conta as horas para vê-lo, você foi fisgada pela paixão.

A paixão desmedida não é apenas um sentimento intenso pelo outro. Ativada por inúmeros mecanismos cerebrais, é responsável por excessos, euforia e até crimes. Por que um crime? Você deve-se esta se perguntando.

Porque pesquisas mostram que o funcionamento do cérebro de pessoas apaixonadas.  Neurocientistas detectaram por meio de ressonância magnética uma hiperatividade em áreas associadas à recompensa e ao prazer. Estas áreas são as mesmas envolvidas com a dependência de drogas psicotrópicas.

Neurotransmissores

Os neurotransmissores cumprem uma função indispensável na ativação do impulso sexual, transformando beijos e carícias em lubrificação vaginal e ereção peniana. “A feniletilamina, um dos mais simples neurotransmissores, é conhecida há cerca de cem anos pelos cientistas, mas só recentemente foi associada à paixão.

Mas essa palavrinha complicada não é a única responsável pelo descontrole emocional que todas nós já vivemos um dia. Os sentidos dão uma grande ajuda no processo e deixam o amor à flor da pele. Tudo começa com a visão, a mais importante fonte de estimulação sexual.

A visão

E se o flerte começa com uma troca de olhares, por trás vai se desenrolando uma série de atividades cerebrais. Pelo olhar ativa o neocórtex, especializado em selecionar e avaliar.

O olfato

Além da visão, o olfato é outro sentido fundamental neste processo. A paixão precisa de química e o cheiro nessas horas é importantíssimo.

Na cavidade nasal existe um orgão denominado órgão vomeronasal. Este órgão teria como única função detectar ferormônios, produtos químicos voláteis fabricados e exalados continuamente pelo nosso organismo.

Paixão com prazo de validade

Para as apaixonadas de plantão, essas explicações podem parecer uma fria análise do amor, mas há quem dê inclusive prazo de validade para a paixão.

Uma pesquisa fala que a paixão duraria entre 18 e 30 meses, tempo mais do que suficiente para um casal se conhecer, copular e gerar descendentes.

A paixão dura pouco, porque  alguns componentes que são liberados não sobrevive diante das primeiras frustrações que abalam o ilusório mundo encantado de quem está apaixonado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s